14 de mar de 2014

Netiqueta: Fique atento em como usa o LinkedIn

Por: Eliana Rezende



O LinkedIn surgiu como uma alternativa em rede para que profissionais possam se expor ao mercado. Mas, como toda rede possui sua própria lógica de funcionamento.   
Não sou adepta de listas. Mas a numeração aqui tem um efeito didático: para pontuar mesmo! Escrito por: Eliana Rezende, São Paulo - 2012
Para os que começam, a lista fica como sugestão de uso. Para os veteranos como um lembrete: Escrito por: Eliana Rezende, São Paulo - 2012  
  1. Não aceite convites feitos por pessoas que você não conhece, pessoal ou profissionalmente. 
  2. Não envie convites para desconhecidos. Apresente-se antes.
  3. Não insira seu Email embaixo de seu nome ou perfil (quem já fez isso sabe o porquê da sugestão) 
  4. Ao enviar um convite pense se de fato é pertinente a quem se dirige (não crie desconfortos desnecessários à outra pessoa).  Não embarace ou constranja quem você nem conhece.
  5. Perca um pouco de seu tempo e, ao fazer um convite de conexão, relembre aos contatos mais novos de onde os conhecem e porque gostaria de estabelecer um contato. 
  6. Pense no LinkedIn a partir da perspectiva da outra pessoa (qual a intenção…). Isso se chama empatia. Aprenda a usá-la nos meios profissionais tanto quanto na vida pessoal.
  7. Procure ser natural: você está numa comunidade e deve se sentir à vontade, porém sempre o faça de forma cortês e polida. Não seja inconveniente, pedante, invasivo ou em alguns casos sem educação. Mantenha a distância correta para não repelir ou chatear quem quer que seja. Escrito por: Eliana Rezende, São Paulo - 2012  
  8. Fuja da tentação de usar mensagens prontas: redija cada uma de acordo com o perfil a quem se dirige. Todos gostam de sentir que alguém lhe destinou tempo e atenção. Em geral, a retribuição da gentileza será a regra:creia-me! 
  9. Ao participar de Grupos seja assertivo, fale efetivamente do tema proposto. Evite dar voltas e sempre releia o que escreveu para ver se está claro e compreensível aos demais. A participação em Debates deve ser sempre para acrescentar, somar. Nunca encare esse espaço como um campo de lutas e batalhas. Escrito por: Eliana Rezende, São Paulo - 2012
  10. Mesmo não sabendo sobre o tema, pergunte, questione: debate também é um espaço para tirar dúvidas e aprender. Lembre-se: você nunca está só! Sempre há outros que como você também está aprendendo.
  11. Sempre leia as regras do Grupo a que pertence e as siga. 
  12. Nunca, nem sob tortura, poste temas que sejam irrelevantes, propagandas e vendas que não interesse a ninguém a não ser a você mesmo. 
  13. Não escreva ou faça na rede nada que não faria igualmente no mundo social. 
  14. Por favor, obrigado(a) são palavras fundamentais. 
  15. Responda sempre todas as suas mensagens, ainda que de forma rápida. 
  16. Cuide da foto que está no seu perfil: você não está em outra rede. Não convém ter fotos de momentos de lazer ou compartilhadas com outras pessoas/relacionamentos ou filhos. A boa impressão e imagem postada andam juntas nesse caso. Seu companheiro, amigos, parentes ou filhos não são você como profissional: atente para isso! Por mais que os ame, essa rede profissional não é o local para demonstrar isso.   
  17. Você não está no Facebook! Portanto, aquela fórmula entediante de uma foto e uma frase não cabe por aqui. Incluem-se também àquelas frases de auto-ajuda, motivacionais, e a nova febre que tem aparecido que são os desafios numéricos, de palavras e afins. Guarde isso tudo para outras redes! Encontre formas mais criativas de se comunicar, por favor!
Escrito por: Eliana Rezende, São Paulo - 2012
É lógico que esta lista pode crescer. E cresceu! Confira este outro post sobre como aproveitar a experiência dos Grupos no LinkedIn, clicando aqui:
Será que você tem um outro item para sugerir? 
Fique à vontade!

____________
Posts relacionados:
Estou num Grupo do LinkedIn. E agora? 
Empáticos e gentis: para quê?
O trabalhador invisível
Afinal, quem você pensa que é?


*
Curta/Acompanhe o Blog na sua página do Facebook
Visite meu Portal: ER Consultoria | Gestão de Informação e Memória Institucional
Siga-me no Twitter: @ElianaRezende10

32 comentários:

  1. MUITO OBRIGADA de compartilhar tão eficiente Lista, incansável e solidária Eliana Rezende!!
    Enorme abraço!!
    Teruko

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Teruko...
      Imagine!
      A etiqueta em redes sociais é algo muito importante. O LInkedIn tbm tem às suas.
      De tanto fazer moderações e cuidar de Grupos algumas coisas ficaram muito claras para mim e as compartilho como sugestão.
      A Netiqueta é fundamental em uma sociedade virtual. Tal como ocorre na sociedade em geral, regras mínimas de convívio são tanto necessárias qto desejáveis.
      Nesse post detive-me sobre alguns cuidados que as pessoas se desapercebem no LInkedIn e que são fundamentais de ser pensadas e aplicadas.
      Espero que seja útil e proveitoso!
      Vamos ventilar...
      Abs

      Excluir
    2. Somos uma empresa de veiculação de publicidade externa móvel (vidro traseiro de vans, táxis, escolares e ônibus) e só recentemente criamos um perfil no LinkedIn. Com os vícios que se levam do Facebook, como a forma corrida e relativamente em grande quantidade de divulgação do nosso negócio, esse tipo de artigo é de bastante ajuda pra esclarecer como, quando e com quem divulgar nossos serviços, de forma correta e dirigida.
      Agradeço, em nome da Topdoor, o tempo investido na criação deste tópico, Eliana. Esclarecedor e muito útil.

      Excluir
  2. Olá Eliana.
    Muito úteis e pertinentes os seus tópicos. Apenas questiono o primeiro, que inclusive faz parte, mesmo, das regras do LinkedIn: creio que uma das funções principais desta rede é justamente conhecer e contactar outros profissionais diferentes do seu círculo. Ao se colocar: "Não aceite convites" / "Não envie convites" de e para desconhecidos, como ficamos, então?
    Gostei muito da sua lista!
    Um abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Perrin...
      Creio que vc tem razão em pensar dessa forma, mas considere o seguinte: o LinkedIn é uma rede que pode estreitar possibilidades e potencialidades profissionais. O objetivo aqui não e numérico e sim qualitativo. É nesse sentido que devemos aceitar ou convidar pessoas que conheçamos. Isso não quer dizer conhecer pessoalmente! Pode significar, por exemplo conhecer a atuação profissional ou mesmo artigos que essa pessoa escreve. Dessa forma o convite ou a aceitação tem um dado qualitativo: seletivo eu diria.
      Pense sobre isso...
      Abs e te espero!

      Excluir
  3. ótimas sugestões, sempre me policio com relação a netiqueta, e vou moldando o que posto ou comento de acordo com o ambiente no qual estou utilizando.Obrigado Eliana por compartilhar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Fernando.
      Parabéns! É isso mesmo!!!
      As redes sociais apesar de serem redes possuem dinâmicas próprias de relação e de movimento. Em geral o que dá certo para uma não serve à outra exatamente pq cada público tem uma preferência. É preciso ter essa percepção de adaptar-se ao ambiente em que se está.
      Abs e fique de olho pq tenho outros palpites a dar

      Excluir
  4. Perfeito!
    Disse tudo e mais alguma coisa. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Ana...
      Obrigada! Mas sabe: para ser sincera ela ainda tem espaço para ser melhorada.
      Fique de olho pq ela ainda cresce!
      Abs e apareça

      Excluir
  5. Lista maravilhosa! Sempre tive dúvidas de como usar essa rede, pois já ví de tudo e, na insegurança, muitas vezes não me manifestei. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Vania...
      Isso que relata é recorrente: as pessoas as vezes se sentem constrangidas e acham que só elas não sabem usar. De repente percebem que não estão sozinhas nisso.
      A moderação dos Grupos que faço ajudou-me a perceber que há uma grande massa de questões que deixam as pessoas confusas e titubeantes. Daí que decidi começar a tentar ajudar.
      Abs e volte sempre... e quando tiver dúvidas pergunte! To aqui...

      Excluir
  6. Adorei, Eliana!
    Suas contribuições são muito valiosas.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana...
      Obrigada!
      Espero de fato poder estar ajudando.
      Acho que a regra é bem mais simples: quando soubermos algo devemos por para rodar, assim mais gente tira proveito. Inclusive nós que não teremos que lidar com tanta poluição visual e informacional.
      Abs e seja sempre bem vinda!

      Excluir
  7. Olá, Eliana.
    A lista colocada por você é pertinente. Realmente, devemos observar que o ambiente é profissional.
    Abraços, Norma Maria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Norma...
      Que bom que considerou assim!
      Acho que com esse transito de tantas redes as pessoas acabam se perdendo... não sabem o que é adequado à cada uma e de repente começam a usar a mesma lógica para todas. E aí é que começa a haver ruído.
      Acho importante divulgarmos essas dicas para que cada vez mais tenhamos o ambiente adequado.
      Abs e conto com todos! E volte sempre: tenho certeza que temas não faltarão

      Excluir
  8. Suas dicas sã pertinentes para todas as redes sociais, inclusive o Face.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Roça de Livros...
      A Netiqueta é fundamental em uma sociedade virtual. Tal como ocorre na sociedade em geral, regras mínimas de convívio são tanto necessárias qto desejáveis.
      Nesse post detive-me sobre alguns cuidados que as pessoas se desapercebem no LInkedIn e que são fundamentais de ser pensadas e aplicadas. Mas creio que tbm pode ser aplicada à outras redes com as devidas adequações
      Bom proveito a todos!
      Abs

      Excluir
  9. Olá Eliana, grata pelas dicas. São valiosas num mundo virtual! Vou retransmitir seu texto para alunos e amigos. Fundamental!!! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Miriam...
      Obrigada vc por divulgar!
      Fico muito feliz de poder ajudar e exatamente pq o LinkedIn vem crescendo muito em números é preciso pontuar em que se diferencia de outras redes. Em geral, as pessoas praticam algumas gafes simplesmente por não conhecerem e virem com outros hábitos destas. Quanto mais pessoas tomarem conhecimento maior beneficio a todos.
      Abs

      Excluir
  10. Obrigada pelas dicas. São alertas úteis e adequadas ao ambiente a qual nos propormos a se relacionar virtual e profissionalmente.
    Abraços,
    Conci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Encontrando a Paz...
      Longe de ditar "leis" o objetivo é oferecer sugestões que tornem o convívio em rede mais proveitoso para todas as partes.
      A educação digital é fundamental em nossos dias já que grande parte de nossas relações passam por aí.
      Abs

      Excluir
  11. Obrigado, Eliane. Achei as dicas muito pertinentes.

    ResponderExcluir
  12. Prezada Eliana, tudo bem?

    Seu artigo merece destaque e reflexões e compartilhamento.

    Após a leitura do post da experiente Consultora Eliana Rezende esta verdade fica mais evidente.
    É sempre bom confessar que estamos sempre aprendendo.
    Sem dúvida alguma o LinkedIn tem um perfil bem diferente do Facebook uma das minhas primeiras grandes e felizes experiências.
    Eu tenho me norteado por aceitar e solicitar contatos com pessoas que têm profissões que guardam relação umas com as outras e com minhas preferências.
    É de se questionar e refletir sobre a quantidade e a qualidade, mas nem sempre podemos limitar nem tampouco deixar de ampliar nossa rede.
    Tenho me saído bem com pessoas que me importunam e sei reconhecer quando cometo uma "gafe" - palavra que sumiu de nosso vocabulário diário - e tão logo o perceba peço desculpas.
    Diante de toda minha experiência nas redes sociais, desde 2008, tenho que concordar com a lista elaborada por você, Eliana Rezende, mas como você mesma afirma, não são leis, são sugestões.
    A mais importante sugestão que sigo é a de não subestimar um perfil com pouquíssimas conexões ou até daqueles que estão procurando por novas oportunidades. São estes perfis que têm me levado muitas vezes a outros tantos e de grande peso nas redes sociais. Nós nos completamos uns aos outros.
    Meu objetivo na vida real e aqui na virtual é o mesmo. Espero fazer muitos amigos e ensejar grandes amizades entre meus contatos entrelaçando-os e buscando sempre a colaboração, a solidariedade, o compartilhamento, a indicação de um serviço, a divulgação de um CV e ainda compartilhar causas humanitárias que estarão sempre acima de posições ideológicas e partidárias.
    Fraterno abraço a todos e todas. F. Claro

    ResponderExcluir
  13. Ol@ Fernando....
    Muito grata de verdade!
    Agora sobre tua observação acima: e exatamente isso! Olhe pelo qualitativo. O quantitativo só faz ruído. Na verdade não serão contatos de fato, por não saberem quem vc de fato é. O bom networking é aquele que nos põe de fato em contato com o outro.
    Abs

    ResponderExcluir
  14. Obrigado, Eliana, Suas contribuições são muito valiosas.Parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Valiosas informações, vamos replicar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Joema...
      Muito grata!
      Isso mesmo, vamos replicar para melhorar!
      Abs

      Excluir
  16. No começo não sabia usar direito o linkedin e adicionei muitas pessoas que nem sei quem são, apenas porque eram da minha área. Posso excluí-las ou seria indelicado? E como fazer com os convites de pessoas que não conheço, nem mesmo são da minha área, como declinar? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Aline...
      Sua dúvida é usual.
      Veja, não ha problema algum. Vc pode sim excluir e a pessoas não ficará sabendo. Basta ir na área de conexões e excluir. Não há indelicadeza alguma.
      O LinkedIn é uma rede social e não pessoal por isso não pe preciso ter estes receios.
      Sobre aceitar ou não pessoas fique sempre à vontade. Estabeleça critérios para isso e não se ressinta de o fazer. Para declinar basta clicar em "ignorar".
      Abs e tendo dúvidas é só perguntar! Demorei um puco para responder por causa de estar muito ocupada com outros escritos...

      Excluir
  17. Eliana, suas dicas me fazem repensar algumas atitudes minhas no Linkidin. O Facebook foi para mim um tormento; aguentei apenas um mês. (E como é difícil nos libertarmos dele!!!!)!!!!! Depois de três anos, ainda recebo, vez ou outra, solicitações de "amizade". Meus contatos no Linkidin se resumem a Profissionais de RH e alguns que comigo já trabalharam ou estudaram. Agora, gente da PUC; onde me formei.
    - Sucesso!

    ResponderExcluir
  18. Cara Eliana, gostei muito do post. Quanto a convidar pessoas q eu não conheço, tenho a impressão de q o Linkedin faz isso sozinho. Eu costumo receber mensagens de pessoas q aceitaram fazer parte da minha rede, mas eu sequer conheço e jamais convidei. Sabe se tem alguma ferramenta para controlar esses convites?

    ResponderExcluir