30 de mar de 2014

Estou num Grupo do LinkedIn. E agora?

Por: Eliana Rezende

Parabéns!
Você é integrante de um Grupo no LinkedIn. Mas afinal: como tornar essa experiência, de fato, proveitosa? 
Costumo sempre ouvir comentários do tipo: “estou muito ocupado(a) agora, mas assim que desocupar um pouco participarei mais"..Ou: “acompanho as discussões, mas ando sem tempo para participar das mesmas”. 


Pensando bem, o tempo costuma ser apenas uma forma de fatiar os dias, as horas, a vida, e que podemos estende-lo ou encurtá-lo. Tudo depende de como fazemos essa partilha. Uma sugestão é de otimizar seu tempo! Como? Imagino que leia artigos e notícias todos os dias e sei que muitas delas tem que ver com área de interesse do Grupo a que pertence. A dica é simples: leu, gostou, que tal compartilhar? Ficou sabendo de algum curso, ou um bom livro que foi lançado, que tal contar? Sabe de alguma vaga de Emprego ou Estágio, poste para o Grupo. São muitas chances de fazer alguém feliz.

Sente-se acanhado ou tímido em dar comentários? Nos deixe saber que pelo menos “gostou” da postagem. Isso é um pequeno gesto que diz a quem teve a preocupação e o cuidado da partilha que você agradece sua preocupação. Além de ser um ato de gentileza e também uma porta aberta para futura discussão é uma forma de incentivar o postador a continuar a trazer “alimento” para acender discussões. É um jeito simples de dizer obrigado! Afinal ele destinou tempo pessoal para o beneficio de todos. Escrito por Eliana Rezende - Curitiba, Março/2014

Use os espaços do Grupo de forma adequada para cada tipo de postagem.
Veja, se você quer gerar um debate com ideias e sugestões a aba Debates é a adequada.
Mas se você quer comunicar uma promoção (seja ela pessoal ou profissional), indicar um curso, palestra ou mesmo um evento qualquer a aba adequada é a chamada Promoções. Para oportunidades de emprego, estágios, concursos e afins a aba adequada é a de EmpregosEscrito por Eliana Rezende - Curitiba, Março/2014

Nunca poste temas irrelevantes e que só interessem a você! O Grupo é uma comunidade: tome isso em conta!
Como saber desta relevância? Procure sempre o espaço de perfil do Grupo. Ali você pode saber quais os temas que devem ser abordados. Além disso, dê uma olhada na radiografia do Grupo. Nela você tem um gráfico sobre participantes, grau de experiência, localização geográfica, etc. Assim você fica sabendo o perfil de teus pares nesta comunidade.

Use sempre as sugestões de Netiqueta que estão aqui:

Em síntese, busque a adequação. Seja generoso na partilha e compartilhamento. E lembre-se: um Grupo não é apenas para se atualizar (para isso existem sites de noticias). O sentido maior de um Grupo é a troca e esta só ocorre quando interagimos.

Agora, se você se lembrar de algo mais que esqueci compartilhe por aqui. Sei que todos gostarão muito. Escrito por Eliana Rezende - Curitiba, Março/2014

Conto com todos!

_______________
Posts relacionados:

Netiqueta: Fique atento em como usa o LinkedIn 

Empáticos e gentis: para quê? 


O trabalhador invisível

*
Curta/Acompanhe o Blog na sua página do Facebook
Visite meu Portal: ER Consultoria | Gestão de Informação e Memória Institucional
Siga-me no Twitter: @ElianaRezende10

39 comentários:

  1. Elina, Boa Tarde!

    Seus comentários são sempre oportunos e nos trazem alguma reflexão. Obrigado por sua presença tão constante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Unknown...
      Obrigada.
      Faço meus post sempre pesando na melhor forma de poder ser aproveitado por todos. Qdo consigo isso fico mesmo muito satisfeita. É bom saber que colaboro!
      Abs

      Excluir
    2. Como você disse a respeito dos apáticos, eu posso dizer-lhe que não sou omisso. Ao contrário, sou até ativista, mas estou numa faze atual da vida bastante limitado na idade e no físico, mas como tenho dito: ainda estou abrindo picadas e derrubando barreiras, mas saio do outro lado.
      Agora mesmo fiz um comentário sobre nove coisas que irão acabar brevemente e nós necessitamos estar preparados para enfrentar o desafio. São elas: Os correios, o cheque, o jornal impresso, o livro impresso, o telefone fixo, a música, a televisão, as coisas que você possui, e a privacidade. Dentre estas comentei somente as que podem mais interessar ao grupo que são: os correios, O LIVRO impresso e a privacidade, em virtude do tamanho do texto.
      Comentei no perfil de um componente do grupo, solicitando dele sobre no que poderia ajudar. José Antônio de Azevedo.

      Excluir
    3. Ol@ José...
      É verdade: as vezes as condições de vida nos colocam nesta ou naquela condição. Estamos, mas não somos!
      Creio que o fundamental é mesmo quando nosso físico encontra limites, dar à mente a possibilidade de transcende-lo.
      A atividade em Grupos favorece muito esse exercício.
      Obrigada pela colaboração e atenção.
      Espero por vc aqui no Pensados a Tinta e tbm nos Grupos
      Abs

      Excluir
  2. Você está certíssima Eliana, concordo plenamente... E o problema é esse mesmo, recebemos por e-mail as postagens, entramos, olhamos, e saímos correndo para as cobranças externas. E perdemos a oportunidade de compartilhar e realmente alcançar o objetivo do grupo... Vou tentar ser mais presente... é que atualmente estou num processo de vida muito dinâmico, rss - mas entrei nos grupos assim mesmo, primeiro para não me deixar absorver totalmente por meus outros afazeres e principalmente pela esperança que em brever conseguirei me organizar melhor e ter um tempo para realmente participar... Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Jananina....
      O que observo em geral é que as pessoas acabam tendo sempre uma atitude bastante passiva: quer por não ter tempo, quer por não querer se comprometer com o escrito.
      Mas a passividade num Grupo parece um contrassenso! Afinal estamos buscando uma comunidade para interagir e optamos ficar à sombra?
      Me ocorre aquela imagem de pessoas que espionam pela janela o movimento da rua, sem nunca estar trafegando nela.
      Como sugiro no post um mero "gostei" pode dizer tanto!
      Agora então vamos lá!
      Vou esperar ve-la, está bem? Aqui e no Grupo, certo?
      Abs

      Excluir
  3. Professora, obrigada pelas dicas valiosas. É muito bom interagir num grupo, isso pede tempo para leituras, reflexões e escrita. E essa interação tem muito mais valor quando há um retorno, sem dúvidas. :)
    Se não há esse retorno, talvez não seja o tema de interesse do grupo, de acordo com o perfil, como disse seu texto; ou mesmo se os participantes não se sentem a vontade para comentar.
    A comunicação virtual é limitada, muito limitada, mesmo com todos os recursos de que dispõe, e isso gera, de certa forma, muitas interpretações diversas, o que não favorece as verdadeiras intenções de debate, então, escolher os temas e as palavras é um trabalho que exige mesmo cuidado e ética. Obg. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Rúbia...
      Não tem de quê!
      A vida em Grupo pode e deve ser satisfatória e criativa para todos.
      Em geral as pessoas vem aos Grupos e se esquecem que isso é uma relação social.
      Além do mais, e creio que esse acaba sendo um "travador" de muitos: já que para o escrito não há emenda.
      Por isso, é sempre importante ponderar conteúdo e formas de falar. Temos do outro lado uma pessoa que nos lerá, e como digo sempre o a tinta não carrega o tom. Às vezes somos mal lidos ou mal interpretados e precisamos de um jogo de cintura grande.
      Nesse sentido, não acho que a comunicação seja limitada: ao contrário, permite que vejamos com ainda mais clareza as contradições que a cercam e nos envolvem.
      De outro lado, acho que seja muito importante a escolha dos temas. Conhecer o Grupo e perceber seus humores.
      Fiz o post esperando que ele ajude a melhorar essa forma de relacionamento e por tabela de acréscimo!
      Sabe que noto isso com os Grupos. Participo de 47 e em cada um deles, mesmo com os mesmos posts as reações e humores variam. Coisas de tribos, não é?
      Abs e volte sempre...papeie à vontade!

      Excluir
  4. Olá Eliana, bacana o texto. Se entramos num grupo é para interagirmos. Troca de informações e conhecimentos são e serão o combustível para o nosso grupo.
    abraços,
    Claudio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Claudio....
      Isso mesmo, vc usou a palavra certa: combustível. Sem ele nada se faz ou se transforma.
      Eu diria que é tudo parte de uma grande engrenagem. Veja, se vcs passam por aqui e não me dizem nada como posso saber que atingi meus objetivos?
      Comentar, interagir é alimento em toda circunstância: lá no Grupo e aqui no blog tbm.
      Por isso, Claudio vá buscar mais combustível por favor!
      Abs

      Excluir
  5. Olá Eliana,
    realmente o que você escreveu procede. Todas estas situações acontecem com frequência. Esse texto foi bom para pensarmos sobre a importância da interação entre o grupo.
    bjks., Vera Sarubbi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Vera...
      Que bom!
      A ideia é que cada um pense em fazer o seu melhor.
      Se um Grupo tiver 2.000 integrantes, serão 2.000 chances de fazer alguém feliz não e mesmo?
      Abs e obrigada!

      Excluir
  6. Olá, Eliana, Como sempre, você é perfeita em todos os seus textos: seja criando, seja orientando.

    Muito obrigada pelas orientações adequadíssimas.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Marly...
      Perfeita?! Não de jeito nenhum! Nem te conto quanto acho que ainda tem e que precisa ser melhorado meus escritos.
      Vamos dizer que me esforço sim. Tento um bocado e uso como minha maior ferramenta a observação dos Grupos.
      Esse movimento que faço de interação entre vários Grupos e tribos me ajuda a entender algumas dinâmicas, ausências e dificuldades.
      Aí acaba sendo simples.
      Mas fico feliz de saber que servem à orientação.
      E fico no aceite de sugestões, heim?
      Abs e que bom tê-los aqui fazendo essa interlocução comigo.

      Excluir
  7. Olá Eliana,
    Adorei a reflexão e sua dicas.
    Muito pertinente.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Carlos...
      Que bom que gostou.
      Agora é só por em pratica, não é mesmo?
      Super abraço

      Excluir
  8. Bom dia Eliana,

    muito obrigada pela acolhida e mensagem de boas-vindas ao grupo.
    Esse post está muito bom, parabéns.
    Certamente participar desse grupo será uma experiência enriquecedora para mim, e espero conseguir colaborar de alguma forma também.
    Grande abraço e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Rose...
      Vejo que meu papel tanto aqui no Pensados a Tinta como nos Grupos que cuido é mesmo o de acolher: ser hospitaleira e faze-los sentirem-se em "casa".
      As dicas é para incentivá-los a se organizar para tirarem o melhor e maior proveito possivel.
      Abs e volte muito e sempre

      Excluir
  9. Siempre las iniciativas que tienes muestran una capacidad dinámica importantísima, tal vez el problema puede radicar en el ámbito geográfico donde inciden las noticias o comentarios; según sean estas áreas el seguimiento puede ser mayor o menor. Para explicarlo claramente no es lo mismo hablar de ofertas de trabajo generadas en hispanoamérica que hablar de la privatización de la gestión de biblioteca, que puede tener un impacto más general. Aunque también es verdad que conociendo las ofertas de empleo del continente de América del Sur en materia de bilblioteconomía y documentación nos informa a los que seguimos los posts de la realidad de estos campos en aquella zona. No es difícil deducir, pero, que para los que no pertenecemos a esta área geográfica el interés por la cuestión es más secundario. Pero esto es algo que se tiene que aceptar como un medio de fortalecer este canal de información, no como un obstáculo, pero quien dirige la iniciativa. en este caso tu, es quien debe de decidir la línea a seguir. Hagas lo que hagas será bien recibido porque al menos pones en circulación información e ideas que sino no saldrían a la esfera pública, aunque sea dentro del mismo universo profesional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Jaume...
      É verdade.
      Estar em Grupos significa lidar com a diversidade.
      As redes sociais retiraram-nos o sentido de local, regional e global.
      Nos Grupos é como se todas as questões geográficas, culturais e sociais deixassem de existir e nossa coesão estaria ligada à esse espaço de convívio.
      Devo dizer que o meu principal objetivo e fazer sim circular ideias, informações, inquietações. Conseguindo ainda que uma centelha ficarei muito feliz.
      Abs tropicais
      P/S: E o uso do tradutor? Está te ajudando com o português?

      Excluir
  10. Eliana, gostei muito do que escreveu aqui. Eu tenho estudado um fenômeno (pelo menos na observação) relativo a um comportamento típico de muitos em geral (em algum grau pelo menos), e que diz respeito ao recato. As pessoas têm o hábito de ler ou consumir na web, e ter seu instante com isto, tirar algum proveito, e continuar anônimo. O anonimato é algo que me intriga no ser humano. Mesmo aqueles que se julgam extrovertidos ou comunicativos têm seus momentos próprios, íntimos, personalísticos. Por isso que um texto como este sacode um pouco a poeira... Precisamos ser lembrados, sim. Como G. Gurdjeff disse em seus ensinamentos esotéricos: tendemos ao sono, ao adormecimento..Lembrar-se de si próprio é que são elas. Esse é o ponto da preguiça do Eneagrama que o Gurdjeff trouxe para o Ocidente Se valer a pena a compartilhar o assunto com o grupo, o farei com muito prazer.
    Obrigado pelo texto!
    Abração
    Felipe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Felipe...
      Acho que temos sempre muitas variáveis a considerar.
      Sabes que a respeito desse comportamento em rede acabou levando-me a postar um nov post sobre a Curadoria de Conteúdos, e o perfil dos usuários é algo que logo aparece.
      Te sugiro dar uma olhada já que te interessa pelo assunto. Aqui está o link, e que está aqui mesmo no Pensados a Tinta. Chameio-o "Curadoria de Conteúdos: O que é? Quem faz? Como faz?". Veja (é só copiar e colar no navegador):
      http://pensadosatinta.blogspot.com.br/2014/04/curadoria-de-conteudos-o-que-e-quem-faz.html
      Abs e divirta-se

      Excluir
  11. Ótimo comentário sobre os grupos no Linkedin, e mais além, como aproveitar o que aparece e como aparece.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Roberto...
      Muito obrigada.
      É bom saber que tanta moderação ajudou-me a dar uns pitacos aqui e acolá.
      Abs e fico feliz de te ver por aqui

      Excluir
  12. Olá Eliana!

    Concordo plenamente com as suas considerações e como vários colegas já disseram anteriormente, muitas vezes é o próprio dia a dia que nos deixa sem tempo para contribuir significativamente no grupo, este é o meu caso. Muitas vezes perdemos a oportunidade valiosa de debater temas importantes e que podem nos possibilitar inúmeras reflexões ou até mesmo contribuir com uma necessária mudança de atitude no lócus da nossa ação. é um olhar diferenciado sobre a prática, um texto interessante, um post elucidativo e uma simples interação que podem suscitar variadas ações e conexões. gostei muito, mexeu e ampliou o olhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Gel....
      É verdade!
      Às vezes as pessoas acham que precisam escrever um tratado!
      Mas não é preciso. Como disse um simples gostei dá um reforço positivo ao colega e é um gesto de delicadeza. Custa tão pouco e dá tantos resultados, não e mesmo?
      Abs e continue a se organizar... sei que vai ser bom para todos

      Excluir
  13. Olá Eliana!

    Pertinente a sua publicação e de fato, dá uma mexida significativa em nossa conduta diante do grupo. Como alguns colegas e algumas colegas já disseram anteriormente, na maioria das vezes, a nossa falta de interação e até silêncios diante das publicações se dão pelo fato de sempre estarmos "correndo contra o tempo" e com isso, lamentavelmente, perdemos as oportunidades valiosas das trocas de saberes e experiências. Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Eliana!
    Se tem algo que eu gostaria de partilhar com o grupo, são os oitenta anos de Umberto Eco, mais ativo e pensante do que nunca: http://revistaepoca.globo.com/ideias/noticia/2011/12/umberto-eco-o-excesso-de-informacao-provoca-amnesia.html.
    Boa leitura e bom dia a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Ignez...
      Eis uma prova de a mente ativa é capaz de operar milagres na vida das pessoas.
      Umberto Eco manteve sua mente sempre ocupada e sua produção intelectual nunca cessou. Essa é a forma saudável de deixar os anos passarem.
      Tratei desse tema por aqui no post intitulado "Flores Outononais do nosso cérebro". Aqui está o link (é só copiar e colar no navegador):
      http://pensadosatinta.blogspot.com.br/2014/01/as-flores-outonais-de-nosso-cerebro.html
      Abs

      Excluir
  15. Olá Eliana,

    Adorei seu post. Eu ainda sou nova no Linkedin, mas estou descobrindo devagarzinho, tudo o que ele oferece. Muito obrigada pelo artigo tão simples e objetivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Leda...
      Acho que é isso mesmo: devagar e sempre!
      A ferramenta possui muitas possibilidades e aos poucos vcs poderão ir aprendendo como usá-las de acordo com suas necessidades.
      E fique muito à vontade em voltar e perguntar quando alguma dúvida de incomodar, ok?
      Abs e continue aparecendo

      Excluir
  16. "O sentido maior de um Grupo é a troca e esta só ocorre quando interagimos." - É Eliana, finalizou o seu excelente artigo com uma frase primorosa. Este pensamento descreve exatamente o que espero quando me integro a algum grupo. Confesso que algumas vezes assumo uma postura, muito bem descrita por você, no inicio do artigo - “estou muito ocupado(a) agora, mas assim que desocupar um pouco participarei mais"..Ou: “acompanho as discussões, mas ando sem tempo para participar das mesmas”. No entanto também, concordo com você quando cita que, devemos otimizar o nosso tempo. Este grupo promete, e eu vou me organizar para ser uma integrante participativo.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Lígia...
      Acho que é muito importante quando as pessoas compreendem que um Grupo não é "para me dar" coisas! Em verdade o sentido do Grupo é para "trocar coisas". Por isso interagir é tão fundamental para a saúde intelectual de um Grupo.
      E não apenas um Grupo. Veja, aqui no Blog tbm é fundamental a presença de vcs não apenas para "consumir" o que eu escrevo, mas para trocar comigo. Me ajudar a saber se estou no caminho certo... Se estou atingindo os meus objetivos. Entende?
      Abs e sempre te esperando

      Excluir
  17. Olá, boa tarde! Ainda engatinhando no grupo! mas estou avançando aos pouquinhos, e gostaria muito de contar com a ajuda de todos os presentes, se possível! Meu cordial abraço, amigos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ol@ Adilson...
      O gatinhar é a fase que precede ao andar.
      Interaja sempre nos Grupos que faz parte. Leve coisas, nem que sejam dúvidas!
      Aqui pelo Blog tbm fique sempre à vontade.
      Abs

      Excluir
  18. Olá Eliana!

    Belíssimo comentário.
    Me identifiquei muito com o texto.
    Preciso melhorar bastante. rsrsrsrs

    Um abraço!

    Marcelo Alves

    ResponderExcluir
  19. Professora Eliana: Seu post "Netiqueta: Fique atento em como usa o LinkedIn" é um manancial em que podem se dessedentar todos os usuários do Linkedin e quaisquer outras pessoas que usem regularmente a internet, tão necessitada de atitudes éticas por parte de seus usuários. Parabéns ! Parabéns pela percuciência e generosidade! Grande serviço!

    ResponderExcluir